FacebookYoutubePartilharRSS
Área Reservada
Caminhando

I Trilho Foz do Sousa - Jancido - Gondomar

No passado sábado, 23 de Janeiro, deu-se o pontapé de saída à temporada AMUT’Caminhando 2016. Como já é tradição, a primeira caminhada do ano é sempre numa das freguesias de Gondomar, sendo que, desta vez, e a convite da Comissão de Festas de S. Ovídeo, cerca de sessenta participantes dirigiram os seus passos para o lugar de Jancido, na Foz-do-Sousa.

Aos AMUT´eiros juntou-se o grupo “Os chiquinhos”, da catequese dos Capuchinhos, que se encontram na preparação para fazer os míticos Caminhos de Santiago no próximo verão.

Iniciamos a nossa caminhada pouco passava das 9h15, com um tímido sorriso do sol, temperaturas excelentes para caminhar e gente cheia de vontade de queimar os excessos acumulados nas Festas do mês de dezembro, orientados e acompanhados pelo Sr. Paulo e seus dois guias assessores, a quem muito agradecemos todo o empenho em proporcionar um dia bem passado a todos os participantes.

O percurso foi excelente, e decorreu a partir do recinto desportivo da União Desportiva Sousense, através de ruas e ruelas em paralelos até ao rio Sousa. Aqui, entramos em caminhos florestais, atingindo o primeiro lugar de grande beleza pela força da água que forma uma potente cascata de água, junto à antiga central de captação de água que abastecia a cidade do Porto, agora ao abandono.

Um pouco mais à frente, encontramos a ponte reconstruida pelos habitantes de Jancido, onde se fez o registo fotográfico do grupo. Continuando pelo caminho que outrora serviu para os carris do comboio que transportou os minérios das minas, atingimos um lugar de moinhos ou o que resta deles, uma atraente queda de água no percurso que antigamente era a fonte de energia que movimentava as mós transformadoras de cereais em farinha.

Atingida a velocidade de cruzeiro, os músculos estavam bem quentinhos e ainda aqueceram mais com a primeira subida deste percurso, que interrompeu por momentos a cavaqueira, dando espaço à oxigenação sanguínea para levar de vencida a inclinação até ao “lugar do Sardão”, no cimo do monte, para usufruir de uma bela vista panorâmica. Dali avistava-se o nosso ponto de partida, o campo de futebol, mas também o Rio Douro, uma parte de Gaia e as Serras em redor. Depois de retomar o fôlego, fez-se a aproximação ao ponto de partida, não sem antes testar novamente a resistência física com mais uma boa subida, que permitia ver mais além pelas Serras do Porto.

Terminado o percurso, uns regressaram às suas casas, enquanto os restantes ficaram para saborear a refeição preparada pelos nossos anfitriões, no bar do estádio com vista para o relvado e montes que o circunda. No final do almoço, carregados de energia, os AMUT´eiros partiram para o que restava do fim de semana.

Queremos dar um forte agradecimento à Comissão de Festas de S. Ovídio, que nos recebeu da melhor forma e nos permitiu conhecer verdadeiras pérolas da natureza tão pertinho do centro de Gondomar. Também um agradecimento à União Desportivo Sousense, por nos receberem nas suas instalações, quer para o pequeno-almoço, quanto para o almoço e pelo convite para assistir ao jogo de futebol entre o U.D. Sousense e C.D. Sobrado, em que a equipa da casa ganhou por 2 a 0. Um bem-haja e três ondas de alegria para ambas as organizações.

O próximo encontro está marcado para 20 de fevereiro, com destino a Vila do Conde, em que faremos um percurso de grande qualidade paisagística e monumental. Esteja atento, em breve disponibilizaremos a ficha de inscrição para mais esta aventura AMUT’eira.