FacebookYoutubePartilharRSS
Área Reservada

AMUT Caminhando: AMUT'eiros Obsessivos - Caminho da Geira 1

2018/05/15
Tz100-p1070585-geira_14abr2017_1_370_2500

No ano do sétimo aniversário do AMUT’Caminhando e a pedido de muitos caminheiros da primeira hora, deu-se início ao Programa AMUT’eiros Obsessivos, que, este ano, nos levará à realização de três etapas do Caminho da Geira, também conhecido como a Via Romana XVIII, que ligava Bracara Augusta (Braga) a Asturica Augusta (Astorga).

Saindo de Bracara Augusta e ligando os atuais concelhos de Amares e Terras de Bouro, a “Geira” atravessa o que é hoje o território do Parque Nacional da Peneda do Gerês, marginando o rio Homem entre as zonas de S. João do Campo e a Fronteira da Portela do Homem, entrando aí por terras da atual Galiza.

A Via Romana da Geira também consta da rota dos Caminhos de Santiago em Portugal, pois na Idade Média era percorrida pelos peregrinos ostentando a simbólica vieira.

No dia 14/04/2018, os AMUT’eiros Obsessivos que se quiseram afirmar como tal, juntaram-se frente à Câmara, para concretizar a primeira etapa do que será o Caminho da Geira da AMUT.

Partimos às 6h15, para uma viagem de cerca de 50 minutos até à entrada de Braga, onde tomamos o já tradicional pequeno-almoço, antes de regressarmos ao autocarro para percorrer os últimos quilómetros até ao ponto de partida da nossa aventura deste dia: o lugar de Santa Cruz, já em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Os dias anteriores à caminhada foram de muita chuva, ventos fortes e as previsões climatéricas apontavam para a continuidade da chuva, mas nada disso demoveu os AMUT’eiros Obsessivos.

Após a indispensável foto de grupo, tirada nas escadarias e portas de entrada perfumadíssimas das cortes dos animais locais, partimos para os cerca de 24km a percorrer ao longo deste dia.

Desde o ponto de partida e ao longo de todo o dia foram dezenas os marcos mileares que fomos encontrando, confirmando estarmos no caminho certo. Poucos quilómetros decorridos, as vistas panorâmicas sobre as diversas aldeias e lugares do concelho de Terras de Bouro enchem o olhar dos caminheiros.

Chegando à Capela de S. Sebastião aproveitamos para reagrupar e ganhar fôlego com frutas e outros alimentos energéticos transportados nas mochilas. O trilho segue sempre acompanhados de belíssimas paisagens e um colorido primaveril encantador. As folhas dos carvalhos a despontar trazem a esperança de um verão em que se espera verde e em que todos colaborem para uma maior proteção das florestas.

As chuvas fortes dos dias anteriores encheram as cascatas de água revigorando-as de uma força inspiradora. Os caminheiros vão sentindo-se purificados com o verde da vegetação que os rodeia e a música da água a correr fugidia. A passagem por vários caminhos transformados em rio, devido aos vários dias anteriores de chuva forte, foi permitindo reagrupar o grupo e tirar algumas fotografias bem engraçadas devido à criatividade de quem não queria molhar os pés.

Após ter percorrido um pouco mais de metade da etapa deste dia, os caminheiros pararam para um pic-nic geral com as iguarias alojadas nas mochilas. Uma paragem bem agradável de cerca de meia hora à sombra de uns carvalhos. Não havendo cafés, nem nenhum lugar onde tomar esta ansiada bebida, partimos de novo na ânsia de encontrar um lugar onde saciar tal desejo.

Tal apenas aconteceu ao chegar ao quilómetro 19, na aldeia de Covide, no Café Eiras, mas já bem perto das 16h30. O desejado café nesta hora foi substituído quase para todos por uma “loira” ou uma “morena” fresquinha em copo alto e umas sandes de presunto para alguns.

Já pouco faltava para terminarmos a etapa, uma subida feita a cantar dando inspiração e ânimo a todos para chegar a Campo do Gerês onde o autocarro, gentilmente cedido pela Câmara Municipal de Gondomar nos aguardava para o regresso a Gondomar.

Ainda houve tempo para ir ver a ponte romana à entrada de Campo do Gerês para as últimas fotografias antes da partida.

Chegamos a Gondomar perto das 18h30, transbordantes de energia e ansiosos pelo próximo encontro dos AMUT’eiros Obessivos.

As etapas seguintes realizar-se-ão nos dias 16 e 17 de junho de 2018, em que caminharemos desde Campo do Gerês até Entrimo, com paragem para descansar em Lóbios.

Veja as imagens AQUI!