FacebookYoutubePartilharRSS
Área Reservada
Caminhando

XI do Rio Douro a Montedeiras

23/11/2013

Do Rio Douro a Montedeiras / Tongobriga - Marco de Canavezes

 

A caminhada Pedras, Moinhos e Aromas de Santiago/Tongobriga iluminou os Amuteiros com as maravilhas paisagísticas e etnográficas do concelho de Marco de Canaveses. Iniciada na freguesia de Soalhães, a manhã apresentou-se gélida mas soalheira.

Principiámos o percurso junto à Igreja Matriz de Soalhães, símbolo da freguesia e Monumento Nacional, caracterizada com traços românicos e barrocos. Os primeiros passos apresentaram-nos uma prodigiosa beleza natural, onde a vista se perdia em terras declivosas com um ambiente calmo e pouco povoado, propício à existência de variados nichos ecológicos.

Percorremos caminhos antigos, ladeados por muros de pedra, bosques de carvalho e campos de cultivo sobranceiros às aldeias. Ao subir a Serra da Aboboreira, de elevado valor natural e cultural, deparámo-nos, entre os lugares de Quintela e Vinhedo, com o Castro de Santiago, para admirar a magnífica paisagem e contemplar a capela de S. Tiago, sobranceira a uma via utilizada pelos peregrinos vindos de Lamego a caminho de Santiago de Compostela.

Continuamos o nosso percurso, sulcado pelos rodados dos carros de bois e envolvidos pelas tradicionais casas graníticas de arquitetura vernácula que se resguardavam em majestosas fragas, quais guardiões silenciosos da serra. Seguindo este percurso único em beleza, deparámo-nos com vários vestígios da adaptação das gentes ancestralmente adaptadas ao ambiente: as furnas cavadas na rocha e uma série de moinhos recuperados que se estendem pela encosta, aproveitando a força motriz da água para manter vivas as memórias dos rituais ligados ao ciclo do pão.

Este saudável percurso terminou junto à Capela de São Brás, onde nos esperava o transporte que nos levou ao Restaurante Tongobriga, para nos saciar com as suas iguarias. Após o repasto e acalentados pelo sol e pelo convívio, terminámos este magnífico dia de forma educativa, com a visita às ruínas da estrutura castrejo-romana de Tongobriga, também classificada como Monumento Nacional.