FacebookYoutubePartilharRSS
Área Reservada
Caminhando

I - S. Pedro da Cova

11/01/2013

Na primeira iniciativa da AMUT'Caminhando do ano 2013, os poucos resistentes após a tempestade seguiram viagem até ao Museu Mineiro de S. Pedro da Cova para conhecer um pouco mais da História dos Mineiros desta freguesia.

A recepção e as explicações da responsável pelo Museu permitiu aos presentes perceber a dura vida que levavam as "toupeiras humanas". os castigos infringidos pelos capatazes que levavam a descontos de salário ao final do mês, as fracas ou inexistentes medidas de segurança, o fato dos pais terem de obrigar os filhos a irem trabalhar para a Mina a partir dos 14 anos, se quizessem conservar as suas casas, cedidas pela Companhia.

No entanto ao encontrar uma das mineiras, D. Aurora, que começou a labuta na Mina ainda com 13 anos, e que agora tem já 75, percebemos que a realidade dependem muito do que queremos ver. A D. Aurora desabafou que "aqueles tempos não voltam, seria tão bom que voltassem, eram tão alegres, cantávamos todo o dia".

Após a visita, os caminheiros da AMUT, orientados pelo guia Edmundo Ribeiro, a quem muito agradecemos todo o cuidado e disponibilidade na organização deste evento, seguiram os passos dos antigos mineiros, desde a Casa da Malta até ao Poço de S. Vicente onde puderam ver o antigo Couto Mineiro, onde ainda se encontra, embora já muito degradado, um dos únicos exemplares a nível mundial, de cavalete daquele tipo. É com alguma tristeza que vemos o abandono em que se encontra este monumento classificado como de interesse público há mais de 2 décadas. No entanto a sua imponência e beleza ainda permanecem!

Os participantes continuaram de seguida o seu percurso até ao Rio Ferreira onde puderam apreciar a beleza e imponência da natureza, após um noite de tempestade que apenas se acalmou por umas horas para permitir à AMUT realizar mais esta caminhada que admirou todos ao saber que tão pertinho do centro de Gondomar, se encontram lugares de tanta beleza natural.